Sistemas Loterias

23 de ago de 2012

Kamei já declarou que não confia mais em Alan Neto, Confiava Mesmo?

O presidente do PTB municipal, Waldomiro Ramos, disse  que, se dependesse apenas dele, a coligação com Alan Neto, candidato do DEM a prefe... thumbnail 1 summary

O presidente do PTB municipal, Waldomiro Ramos, disse  que, se dependesse apenas dele, a coligação com Alan Neto, candidato do DEM a prefeito de Guarulhos, “já estaria rompida”.
 
Mas a decisão final partirá do diretório municipal do partido, que se reúne na segunda-feira, às 19h, e deverá ser votada pelos 45 membros.   Segundo Waldomiro, a decisão principal tem de partir do vereador Eduardo Kamei, candidato a vice-prefeito na chapa encabeçada por Alan Neto.   “Como se trata de uma coligação majoritária (para prefeito), é o Kamei quem decidirá e nós, do diretório, votaremos”, explicou.
 
Kamei já declarou que não confia mais em Alan Neto, mas disse que aguardaria até o final da tarde desta quinta-feira para tomar sua decisão final.   Segundo Waldomiro Ramos, o partido buscou contato com deputado federal e presidente do DEM-SP, Jorge Tadeu, que não retornou as ligações.
 
“O mínimo que eles (Democrata) deveriam ter feito era avisar ao vice sobre essa licença ou então dar uma justificativa”, disse.   Referia-se ao pedido de licença do mandato de vereador, feito por Alan Neto no dia 17, que foi o motivo alegado para o presidente da Câmara, Eduardo Soltur (PSD) cancelar a sua assinatura ao requerimento de criação de uma CEI sobre os contratos da Prefeitura.  
 
Com apenas 10 assinaturas,o pedido original tinha 11), a CEI foi arquivada por Soltur, o que gerou protestos tanto de Kamei quanto da oposição, que desconfiaram de uma manobra conjunta entre Alan e Soltur para favorecer o Executivo.
 
O que mais intrigou o presidente do PTB foi o fato de Alan Neto ter pedido licença durante a instauração de uma CEI que trata do gasto de verba pública.

“Eu sinceramente não sei por que se ausentar dos trabalhos na Câmara num momento tão delicado que é a instauração da CEI”, disse Ramos, que também acredita numa manobra orquestrada em beneficio da atual administração.

“É preciso questionar a quem interessa o enterramento desta CEI. Quem se beneficiou com isso? Não acredito que Alan tenha sido vítima”, concluiu.
 
Fonte: DG

Palpites Loterias